Digite o nome da matéria que vc quer pesquisar dentro do Blog. Ex:- esmaltes...

Arquivo do SITE.

segunda-feira, 31 de março de 2014

DECORAÇÃO:- ESTILO PROVENÇAL - VEJA COMO DECORAR SEM ERRAR.


Estilo provençal dá tom rústico francês à casa; veja como decorar sem errar.


Provençal pode ser revisitado e combinado a peças de outros estilos.
No ambiente (15 m²) montado por Márcia Espíndola, na loja Madeira Bonita, a cama de madeira maciça e revestida de linho combina com a cômoda baixa com espelho bisotado e a mesa lateral redonda, na mesma nuança da cama. Nesta proposta, o estilo provençal foi revisitado e remete mais às casas de campo do sul da França, com piso de madeira maciça e camas com peseiras altas, do que as pátinas e tecidos com estampa "Toile de Jouy" oriundos da Provença, sudeste da França. Divulgação.


Leveza e aconchego, típicos das casas provençais, marcam o dormitório de casal (35 m²). O teto inclinado revestido por lambris brancos e com madeiramento aparente e o piso de canela de demolição (Ouro Velho) acentuam o ar "cottage" (casa de campo). O tecido floral (Celina Dias) na roupa de cama, no revestimento do banco e nos quadros da parede dão o toque campestre J. Vilhora/ Divulgação


Este quarto (7 m²), assinado pela designer Elvira Monteiro para uma mulher romântica, ganhou a base branquinha. "A proposta foi brincar com as texturas, para não deixar o ambiente sem vida e monótono", explica a designer. O projeto inclui papel de parede bem claro e molduras de quadros de tamanhos e modelos diferentes, algumas delas com espelho. O estilo provençal do conjunto é reforçado pela cabeceira trabalhada com fundo de palhinha Carolina Gonzalez/ Divulgação



Na sala da família (46,8 m²), o arquiteto Leonardo Junqueira reforçou o clima campestre com a boiserie (revestimento de parede em madeira, com "molduras"), a lareira, a estante e as vigas patinadas no teto, executadas pela Fabricca Marcenaria. O floral dos sofás (Paschoal Ambrósio) compõe com o delicado xadrez da cortina e o padrão listrado do tapete. A poltrona bergère de couro e a mesa de pinho de riga e ferro, da Stile Doc, formam o estar arrematado pelo lustre de madeira e os objetos decorativos J. Vilhora/ Divulgação


Provençal pode ser revisitado e combinado a peças de outros estilos

Esta sala de estar (32 m²) projetada pelo arquiteto Maurício Karam recebeu estofados neutros com desenho reto, poltronas de madeira renovadas pela laca brilhante e revestidas de veludo bordô, além do sofá que segue a mesma linha de acabamento e os móveis rebuscados que mantiveram o tom original da madeira. O conjunto ficou chique com ligeiro toque provençal. "As paredes de tom cinza claro e as cortinas brancas formam um pano de fundo neutro para receber a decoração", diz Karam Marcelo Magnani/ Divulgação


Provençal pode ser revisitado e combinado a peças de outros estilos
Neste escritório (10,5 m²), reformado pelo arquiteto Maurício Karam, o toque provençal foi dado pela estampa "Toile de Jouy" do tecido que reveste a poltrona (à dir.) e a boiserie pintada de vermelho. "Todos os móveis remetem ao design francês, mas possuem desenho limpo e contemporâneo", ensina Karam Sérgio Israel/ Divulgação


Este canto do estar, com predominância da cor branca, foi idealizado pelo arquiteto Karim Akl. Nele, a cadeira Luís XV foi laqueada e tanto a moldura do espelho entalhado à mão, quanto o rack ganharam pintura provençal aplicada pela Jangada Móveis. Para quebrar com a monocromia, tons de azul nas estampas do tapete (by Kamy) e nos objetos (Beckley Casa) Divulgação


Provençal pode ser revisitado e combinado a peças de outros estilos
Já em outro pedacinho da área do estar, o arquiteto Karim Akl incluiu a cristaleira em linhas mais retas com pintura patinada, enfatizando o estilo provençal. A base clara faz fundo para as peças coloridas e as esculturas com temas marinhos. A tela dos banhistas "vintage" (à esq.) é do artista plástico Sami Akl Divulgação


Provençal pode ser revisitado e combinado a peças de outros estilos
Revestir uma parte da parede com lambris de madeira pintada foi outro recurso utilizado pelo arquiteto Karim Akl para ambientar o imóvel com o estilo provençal. Na entrada, o móvel de apoio possui rodízios, tem tampo de madeira de demolição e corpo patinado. O abajur da Beckley Casa entra com listras e a sofisticação da prata, dando mais vida ao espaço Divulgação


Antes ocupado por uma ducha, o nicho transformou-se em adega com influências provençais. Dando continuidade aos lambris, o gabinete de madeira encaixa-se no vão revestido pelo mesmo acabamento. Sobre ele, as prateleiras apoiam taças, copos e bebidas que pincelam com cor o espaço. Destaque para a mão francesa patinada que descansa encostada na parede e a placa em madeira de caráter envelhecido que combina com o tom azul piscina aplicado à parede do pequeno bar. A decoração é assinada pelo arquiteto Karim Akl Divulgação


Esta sala de jantar (15 m²) foi decorada em estilo rústico e chique, graças a mistura bem dosada de peças e acabamentos no projeto do arquiteto Glen Finch. A mesa (Pérola Negra), que recebeu pintura desgastada, faz composição com as cadeiras inglesas da bisavó do proprietário, nas pontas, e as em estilo regência, compradas em uma "Familia Vende Tudo". Estas foram laqueadas e estofadas com novo tecido (Safira). Na parede, coleção de pratos de diversas partes do mundo Divulgação


A sala de almoço (3,98 m²), com design de Bianka Mugnatto, segue o estilo provençal a pedido da moradora, uma apaixonada pela França. A mesa e as cadeiras receberam pátina. Em tons de azul, branco e bege, as estampas florais são coordenadas com listras e tecidos lisos. O lustre possui cúpulas de tecido plissado, pingentes de cristal e arabescos metálicos em harmonia com as cortinas fluidas de voil, que deixam a luz entrar Eduardo Euziakzian/ Divulgação


Nesta sala de jantar (40 m²), idealizada por Leonardo Junqueira, o clima provençal está completo. A vedete é o papel de parede floral (Prints), que dá o tom rural, suavizando o piso de canela de demolição e as tesouras aparentes do telhado. A grande mesa redonda de madeira antiga se alinha às poltronas medalhão patinadas e revestidas por tecido listrado J. Vilhora/ Divulgação


Luminosa, esta sala de almoço (28,5 m²) desenhada por Leonardo Junqueira recebeu piso de cerâmica rústica, com detalhes em tosetos (Euroville). Os lambris no teto e a boiserie remetem às casas provençais e se alinham ao lustre da Entreposto. As cadeiras em estilo américa foram patinadas e criam um contraste ao serem combinadas à mesa em madeira natural. Para finalizar, as cortinas (Rendas e Fricotes) fora instaladas à meia janela. J. Vilhora/ Divulgação.


Provençal pode ser revisitado e combinado a peças de outros estilos.
Na cozinha (30 m²), o branco dos armários (Fabricca Marcenaria) e das cadeiras contrasta com o tom da mesa em madeira encerada, o fogão com design retrô e o piso cerâmico. O azulejo antigo, na área de cocção, marca o ambiente através de sua estampa floral. O projeto de decoração é assinado por Leonardo Junqueira J. Vilhora/ Divulgação

A cozinha (15,75 m²), da Paula Isidoro, ganhou configuração atual, apesar de remeter à inspiração provençal
A cozinha (15,75 m²), da Paula Isidoro, ganhou configuração atual, apesar de remeter à inspiração provençal


Com ambientes integrados, esta casa de fazenda contrapõe estilos com elegância. Ao fundo, o living contemporâneo e rústico relaciona-se com o espaço gourmet (37,8 m²) de inspiração provençal, no projeto arquiteto Maurício Karam. As cadeiras Luís XV com aplicação de pátina branca foram combinadas à mesa de linhas retas e ao lustre de metal. As vigas aparentes foram suavizadas com pintura e o cortineiro, em forma de frontão, destaca-se sobre a parede manchada Sérgio Israel/ Divulgação


Criado pela arquiteta e urbanista Magaly Gentil, este quarto de bebê de 24 m² recebeu papel de parede listrado e carpete com relevo "pied de poule", em tons bem claros. A base foi ideal para acomodar os móveis em estilo provençal: cama, berço, roupeiro e cadeira com pintura grofatto, detalhes de madeira trabalhada e recortes com palhinha. O toque moderno do ambiente fica por conta da iluminação sob as prateleiras. Esdras Guimarães / Divulgação. Marcelo Trad/ Divulgação.


A arquiteta e urbanista Magaly Gentil montou um cantinho para a higiene do bebê em um quarto com estilo provençal. Sobre a bancada de madeira com pintura grofatto há uma pequena banheira em estilo vitoriano, de cerâmica e com pés de ferro, um clássico dos antigos apartamentos europeus. Já o painel de madeira lembra uma "salle de bain" (sala de banho) da Riviera Francesa, com um janelão voltado para um jardim interno.Esdras Guimarães / Divulgação.


O arquiteto Leonardo Junqueira mostra neste projeto (12 m²) que até o banheiro pode ser inspirado na Provença, região sudeste da França. A começar pelos materiais de acabamento, como o piso de cerâmica rústica e os lambris na parede que reforçam o design campestre. Na decoração, a bancada de mármore acopla o móveis desgastado com cortinas que dão um clima romântico e substituem as portas. As molduras antigas e patinadas dos dois espelhos combinam com o batente da janela. O metal da linha Belle Époque da Deca leva funcionalidade com design para o espaço. J. Vilhora/ Divulgação.
Silvana Maria Rosso/Do UOL, em São Paulo/ mulher.uol.






0 comentários:

 
AVISO DE CONDUTA.

¨ALGUMAS IMAGENS EU PEGUEI DA INTERNET SEM AUTORIA. SE ALGUMAS DELAS FOR PROTEGIDA POR DIREITOS AUTORAIS, A VIOLAÇÃO NÃO FOI INTENCIONAL, NESTE CASO, SE NÃO ME FOR AUTORIZADA A EXPOSIÇÃO DA MESMA, A IMAGEM SERÁ RETIRADA DO MEU BLOG, BASTA QUE ENTREM EM CONTATO POR EMAIL¨


VISITANTES INTERNACIONAIS.
Instalado:- 24/04/2010.

Linkwithin

Related Posts with Thumbnails